A identidade visual é uma estratégia de marketing. Ter uma identidade corporativa é se consolidar no mercado e atrair relevância, mas esse processo exige bastante planejamento. 

E aí, você já pensou com carinho na identidade visual de seu negócio? 

Seu site, assim como sua empresa, precisam de uma identidade visual forte e coerente com sua marca. Foi pensando nisso que a H2K criou esse post, para te ajudar a compreender como criar uma identidade visual adequada para sua marca.

O que é identidade visual? 

Por incrível que pareça, identidade visual não é apenas o logotipo da empresa, mas sim todo um conjunto de elementos de design (como imagens, grafismo, tipografia, cores, etc) e as sensações e princípios que estes elementos transmitem.

A partir destes elementos é desenvolvido o manual de marca. Neste manual constam informações que nortearão os designers na aplicação correta dos materiais gráficos institucionais e comerciais. É como estabelecer um visual, um estilo próprio para que os clientes te reconheçam como sendo único e particular. É ter personalidade! 

Em geral, a identidade visual é a “cara” da sua empresa.

E quais são as vantagens de ter todo esse trabalho? 

Dizem que é a primeira impressão que fica, e a identidade visual que gera essa impressão no contato cliente-empresa. Por isso a identidade bem construída é a força e segurança de uma empresa. É por ela que a empresa passa uma mensagem, um posicionamento. 

Quando saímos para um evento importante nos arrumamos com todo o cuidado para passarmos uma boa impressão (em uma entrevista de emprego, por exemplo). Então porque não “arrumar” a empresa para que ela também passe, não é? 

Podemos perceber que empresas com a identidade visual bem definida são reconhecidas pelas cores de sua marca e a logo sem nem precisar colocar seu nome. A identificação do público com uma identidade visual bem trabalhada é forte. 

Primeiramente, a identidade visual pode ser criada por um designer experiente que tenha acesso à elementos culturais e organizacionais da empresa os quais ele tentará traduzir em imagens de modo a transmitir os valores e visões da marca. Outro ponto importante é o estudo do público alvo que implica diretamente em como a imagem deve ser passada. 

Dicas para a criação de uma identidade visual

  • Reúna todas as informações da empresa que poderão ser usadas como referência para a construção do produto ou serviço.
  • Vale ressaltar que é essencial documentar todo o processo de criação. 
  • Crie algo simples de ser lembrado.
  • O visual deve ser coerente com a ideia apresentada e flexível (para diferentes formatos).
  • Peças sugestões e de diversas pessoas/equipes e tente traçar um ponto em comum;
  • Abuse de sua criatividade, inove!
  • Entenda os gostos de sua persona (o que seu cliente busca?).
  • Seja organizado e entregue suas ideias para um profissional da área aprimorá-las. 

Passo a passo para a criação de um manual de identidade visual

Lembrando que toda a sua equipa consultará esse documento para a criação de layouts (como publicações do instagram, banners, etc) e por esse motivo ele deve estar com todas as informações bem organizadas e claras.

Um exemplo de manual: Rio+20  AQUI.

Prontos? Então, vamos lá!

1- O briefing

Todos os pontos importantes para a criação da identidade visual são colocados no briefing. É quando você procura todos os conceitos da empresa e como serão refletidos, é a reunião de todas as respostas… 

  • Quem é seu público alvo?
  • Quem são seus concorrentes?
  • O que você deseja transmitir?
  • Como seu produto pode ser descrito?
  • Qual o seu diferencial? 

Esses dados fornecerão o caminho, mas lembre-se de atentar-se ao orçamento e os detalhes técnicos, como a contratação de um designer.

2- O brainstorming 

Nenhuma ideia é previamente descartada, com certeza todas as opiniões contam para criar a identidade visual. Identidade Visual é justamente isto:  como as pessoas verão a marca. Com todas as ideias reunidas, o primeiro esboço de identidade visual surgirá.

3- Como mapear os interesses e gostos da persona 

O cliente e o visual da marca devem se conectar, por isso é importante analisar quem é seu público e o que ele busca. 

As personas representam os clientes reais de uma empresa, seus anseios e objetivos, logo traçar um perfil para a persona é primordial.

4 – Fonte, cor e estilo

Vamos para a parte prática! Mas lembrando as seleções de fontes e cores devem sempre levar em conta a legibilidade e a imagem passada (se está de acordo com a mensagem que a empresa pretende passar). Outro ponto importante é a paleta de cores, as cores tem uma expressão muito grande dentro da identidade visual de sua marca.

Vale lembrar que a tipografia deve estar presente em todos os materiais de comunicação, não apenas no logotipo da empresa. Por conta disso já foram realizados estudos sobre quais fontes são mais adequadas para cada situação.

Finalmente o momento de colocar todas as ideias registradas anteriormente em prática chegou! Agora designers podem montar seu guia!

Aplicando a identidade visual

Por onde divulgar a marca? Ao compreender seu cliente e seus hábitos se compreende automaticamente quais são os meios em que a empresa precisa ser melhor divulgada. Cada empresa tem seus canais de comunicação e formas de veiculação, desta maneira as formas de aplicação da identidade visual são numerosas. Por conta disso pensar nas diferentes formas em que a empresa pode ser vista talvez ajude no processo criativo/produtivo. 

Alguns exemplos de lugares em que a identidade visual pode ser aplicada: site (entre em contato conosco) ,em seus produtos físicos, cartão de visita, redes sociais, banners, outdoors, etc.  

Conclusão

Esperamos que ao chegar até aqui todas as suas dúvidas acerca deste tema tenham sido respondidas e que a importância da identidade visual tenha sido evidente. Então junte todas as suas ideias e ambições e entregue aos designer para a mágica acontecer!

Esperamos ter ajudado!

Até a próxima!